Prefeitura de Presidente Figueiredo convoca população para manifestação em favor da Agropecuária Jayoro

0
79

Após o anúncio do Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em reduzir a alíquota em três anos para 4%, parlamentares da bancada Amazonense temem saída de fábricas da Zona Franca de Manaus (ZFM)

Depois de ter aumentado para 10% no último semestre de 2019, o Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse no último dia 15/01 que a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos Concentrados de Refrigerantes cairia para 8% neste ano e reduziria em três anos para 4%, como foi feito no Governo Michel Temer.

A medida gerou repercussão imediata dos parlamentares do Amazonas que emitiram nota conjunta em apelo à medida adotada pelo executivo federa, para que não reduzisse os 8% fixados até o momento, segundo eles, a redução do IPI dos Concentrados trará um prejuízo de bilhões além de deixar milhares de desempregados, tanto na Capital, quanto no interior: “Lembremos que o polo de concentrado de refrigerantes possui grande relevância socioeconômica no estado do Amazonas. Ao longo de toda cadeia de valor, gera-se 9,5 bilhões de reais de faturamento e, aproximadamente, 7,3 mil empregos, diretos e indiretos, em grandes corporações situadas em Manaus, como Coca-Cola e Ambev, e também no interior do Estado, em plantações de cana de açúcar e guaraná”. Afirma a nota assinada pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC); dos senadores Eduardo Braga (MDB), Plínio Valério (PSDB) e Omar Azis (PSDB); e dos deputados federais Atila Lins (PP), Silas Câmara (Republicanos), José Ricardo (PT), Marcelo Ramos (PR), Bosco Saraiva (SD), Capitão Alberto Neto (PRB), Sidney Leite e Delegado Pablo (PSL).

O prejuízo pode ser ainda maior para Presidente Figueiredo, a Agropecuária Jayoro, fornecedora da matéria-prima dos Concentrados para Recofarma – que é uma das maiores produtoras de concentrados da Coca-Cola, pode perder mais de 5 mil empregos diretos e indiretos no município.

O prefeito do Município de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça (PDT), publicou um vídeo em suas redes sociais em apelo ao Presidente Bolsonaro, para que o IPI voltasse a ser 20%, para que assim, continue gerando emprego e renda ao cidadão amazonense: “Nós queremos fazer um apelo ao presidente da República. Reveja essa redução do IPI, volte aos 20% para nós possamos continuar gerando emprego e renda no interior do Estado do Amazonas. Isso é uma questão de Justiça Social, é darmos cidadania ao povo do Amazonas.” Afirma Romeiro.

Foi convocada para o próximo sábado (25), uma manifestação em favor da permanência dos 8% que está valendo na tabela atual. No ato, também será defendido os mais de 5 mil empregos que são gerados de forma direta e indiretamente na Agropecuária Jayoro. O ponto de concentração será na Praça da Rodoviária (em frente a BR-174) a partir das 08h e deve se estender até às 11h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui