VÍDEO: Lula diz que se pudesse faria decreto contra quem mente: ‘É proibido mentir; quem mentir será preso’

0
595
Oposição ironizou o vídeo: "O pai da mentira quer proibir a mentira?"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) discursou, nesta sexta-feira (12), na fábrica da JBS em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e, durante a fala, declarou que se pudesse, faria um decreto para prender quem conta mentiras.

— Eu, se pudesse, ia fazer um decreto, “é proibido mentir. Quem mentir vai ser preso”. Porque a gente não pode viver subordinado a mentira, a gente não pode viver subordinado à maldade, a gente não pode viver subordinado a intriga — disse o petista.

Pelo menos 3 mil pessoas assistiam ao discurso do presidente e poucos ensaiaram aplaudi-lo enquanto ele dizia que o país precisa de “tranquilidade e verdade”.

Parlamentares de oposição deram risada do vídeo e fizeram vários comentários sobre o assunto. Entre eles o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PL-RJ) que disse:

— O pai da mentira quer proibir a mentira??? Conta outra, Lula. Mais uma pérola do descondensado!

VEJA VÍDEO:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui