Tabletes de maconha tipo skunk, avaliados em R$ 1,5 milhão, são apreendidos no AM

0
70

Manaus – Durante uma ação conjunta da polícia civil nesta quinta-feira (23), foram apreendidos 119 tabletes de maconha tipo skunk, avaliados em aproximadamente R$ 1,5 milhão.  Os entorpecentes foram encontrados em duas embarcações  dos municípios de Japurá e Tefé, que tinham como destino a capital amazonense.

“Fizemos uma operação e abordamos um barco vindo do município de  Japurá e outro do município de Tefé, no barco de Tefé especificamente com alvo do Denarc, nós conseguimos abordar um carro modelo Saveiro, veículo que estava sendo conduzido na frente da embarcação, e nele, o cão Odin sinalizou que poderia ter entorpecente”, relatou o delegado Paulo Paulo Mavignie, titular do Departamento de Investigação Sobre Narcóticos (Denarc).

A equipe realizou o processo de desmontagem do veículo e foram encontrados 87 tabletes da droga escondida pelos forros da carroceria do automóvel. Na embarcação que vinha de Japurá, 7  tabletes da droga foram apreendidos, todos dentro de uma mochila que estava escondida. Além desta quantidade,  também foram encontrados 25 tabletes da mesma droga em botijas de gás.

Ninguém foi preso até o momento, mas a polícia deve iniciar uma investigação para esclarecer quem enviou e quem receberia os tabletes encontrados.

“Nós temos a dificuldade natural, principalmente por ser uma operação de baixa visibilidade, porque é no período noturno, tem muitos troncos descendo pelo rio, principalmente no Rio Solimões, temos também bancos de áreas, então nós tomamos muito cuidado, com nossa entrada nesses barcos”, explicou o coordenador do grupo força especial Juan Valério.

A ação integrada foi deflagrado por meio da Denarc, Grupo Fera, Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru, Delegacia Fluvial (Deflu) e Receita Federal do Brasil (RFB).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui