LUCIANO HUCK CRITICA A ZONA FRANCA DE MANAUS: ‘PODEMOS IR ALÉM DISSO’.

0
77

O apresentador Luciano Huck, que tem o nome especulado para concorrer à presidência da República desde as últimas eleições, criticou o modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), defendendo um polo de inovação para a Amazônia. A declaração foi dada durante o Exame Fórum, que tem a participação de políticos, especialistas e personalidades. Para Huck, a floresta pode se transformar em um polo de inovação com projetos sustentáveis, o que ele chamou de “Amazônia 4.0”. O apresentador citou o interesse de outros países na região.

“O mundo inteiro tem interesse em consumir a floresta e nós continuamos produzindo motocicleta e geladeira que são compradas por Santa Catarina. Não que eu tenha algo contra a Zona Franca de Manaus, mas podemos ir além disso”, disse.

Huck presidente?

Orçamento 2020 sem BR-319 e Suframa porque Brasil quebrou, mas prazos serão mantidos. Vicente Nogueira começa a mudar Seduc Por Marcos Santos Desde a última eleição presidencial, em 2018, o apresentador da TV Globo tem tido o nome associado à candidatura ao chefe do Executivo do País. No evento da Exame, o assunto voltou.

“Eu acho que qualquer tipo de resposta nesse momento não contribui em nada para o que estamos vivendo. Acho que o que importa agora é o curto prazo, e como a gente pode apoiar as agendas importantes, como a gente pode ser resiliente e defensor das ideias que a gente acredita que sejam colocadas de maneira incorreta ou equivocada”, afirmou Huck, que não negou se candidatar ao posto mais importante da política do Brasil.

O marido de Angélica ainda disse que “um lado é apoiar o lado necessário e as reformas importantes que o país precisa, e de outro lado ser a resistência para não deixar que a miopia ideológica ofusque coisas importantes e conquistas importantes da democracia brasileira”.

Fonte: Portal Marcos Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui