É COM MUITA TRISTEZA QUE DIGO ADEUS E HOJE VISTO O LUTO ETERNO POR VOCÊ, MEU AMIGO

0
205

Lembro-me de quando éramos crianças e você era como se fosse um irmão para mim, me defendia dos meninos mais velhos.

Naquela época brincavamos até tarde na rua eu, você e os amigos de bairro, lembro das vezes que íamos pegar passarinho, fugiamos de nossas mães para ir tomar banho em Igarapé, até o acidente mais grave da minha vida foi com você, acidente no qual estávamos de bicicleta você pedalava e eu na garupa.

Todas as tardes passamos em frente daquela casa para tirarmos sarro daquele rapaz, um certo dia acabei colocando um dos meus pés na roda, dava para ouvir meus gritos de longe e você ficou lá do meu lado esperando a ajuda chegar.

As vezes que fugiamos de madrugada para ir em busca de aventura, para irmos até o Castanhal, nos mergulhavamos no açude para apanhar Buriti, as vezes que íamos jogar bola eu arrumava confusão, mas você me defendia como um verdadeiro amigo irmão. Das vezes que íamos para o arraial, você naquela época era meu herói, até cartas para namoradas você escrevia para mim, lembro como se fosse hoje, meu amigo.

E é no meio dessas lembranças que bate a saudade de voltar naquela época, as lágrimas caem sobre meu rosto sabendo que tenho que me despedir de você.

Mesmo não estando perto para olhar o seu rosto pela última vez, mas me despeço daqui de onde estou, fazendo essa homenagem para você, meu grande amigo.

Para sempre Emanoel mais conhecido como Beleu. último adeus do nosso diretor geral ao seu melhor amigo de infância.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui