Carga histórica de drogas avaliada em R$ 478 milhões é incinerada em Manaus

Ação representa um prejuízo de quase meio bilhão de reais para o crime organizado

0
59

Manaus (AM) – Na manhã desta terça-feira (7), a Polícia Civil do Amazonas (PCAM) realizou uma operação histórica de incineração de drogas, que resultou na queima de 14 toneladas de entorpecentes. A carga incinerada representa um duro golpe contra o crime organizado, causando um prejuízo estimado em R$ 478 milhões para os traficantes.

Segundo informações fornecidas pelo delegado Bruno Fraga, responsável pela operação, as drogas incineradas foram acumuladas desde o mês de setembro de 2023, resultado de diversas apreensões realizadas pela polícia. A incineração foi autorizada por meio de um pedido de ação judicial, após a conclusão das investigações relacionadas ao material apreendido.

Do total, “9 toneladas são de cocaína”, revelou o delegado Fraga em entrevista. Ele explicou que a incineração de drogas como a cocaína requer cuidados especiais devido à sua química, que eleva a temperatura durante a combustão. Para isso, foi utilizado um forno próprio e devidamente preparado para a ação.

Fraga destacou também os investimentos realizados pelo Governo do Amazonas na área de segurança, que têm possibilitado diversas apreensões significativas, não apenas de drogas, mas também de armas de grosso calibre, que estão sendo retiradas de circulação. Ele ressaltou que as armas apreendidas são submetidas a análises para eventual reaproveitamento pela polícia.

O delegado enfatizou a importância do apoio da população no combate ao crime, incentivando os moradores a fornecerem informações através dos canais de denúncia, como o Disque-Denúncia (181) e o número de emergência policial (190). A colaboração da comunidade é essencial para o sucesso das operações policiais e para a segurança de todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui