Em Humaitá, Idam desenvolve curso de Boas Práticas de Manejo e Gestão na Piscicultura

Foto:Divulgação

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) encerra nesta sexta-feira (17) o curso de Boas Práticas de Manejo e Gestão na Piscicultura no município de Humaitá (a 590 quilômetros de Manaus). A capacitação iniciou na terça-feira (14/09) e abordou temas associados ao desenvolvimento da piscicultura no estado.

“O curso faz parte de umas das metas do Programa Amazonas Mais Verde e tem o objetivo de qualificar os técnicos que vem atuando nos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) no estado do Amazonas”, descreveu o engenheiro de pesca e gerente de Apoio à Aquicultura e Pesca do Idam, Daniel Borges.

A programação do curso enfoca temas como regularização ambiental de projetos aquícolas, sistemas de produção, preparação de viveiros, aquisição de alevinos, manejo alimentar, parâmetros de qualidade da água e gestão de custos, bem como descrever um panorama da cadeia produtiva do tambaqui no Amazonas.

Segundo Daniel, o curso, ministrado pelo engenheiro de Pesca e consultor da Empresa Ghaia Soluções Ambientais, Leonardo Maeda, conta com a participação de 30 servidores do Idam, entre eles 15 técnicos atuantes na região sul do estado e 15 técnicos da região metropolitana de Manaus.

Amazonas Mais Verde 

O Programa Amazonas Mais Verde está inserido no contexto do Plano Estadual de Controle de Desmatamento e Queimada do Amazonas (PPCDQ-AM). O objetivo é fortalecer a governança ambiental do estado do Amazonas, reduzir o desmatamento ilegal e incentivar o uso sustentável dos recursos naturais, com ênfase nas áreas críticas do desmatamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *